Sidney Poitier, primeiro ator negro a ganhar o Oscar, morre aos 94 anos

Tiago Minervino  - 07 de janeiro 2022 ás 17h01

O ator Sidney Poitier, primeiro negro a ganhar o Oscar de “Melhor Ator” da história, morreu nesta sexta-feira (07), aos 94 anos. A informação foi confirmada pelo ministro das Relações Exteriores das Bahamas, Fred Mitchell, que também era amigo próximo da família. A causa da morte não foi divulgada (via The New York Post).

Poitier, que nasceu em Miami, em 1927, tinha cidadania tanto pelos Estados Unidos quanto pelas Bahamas. O artista fez história ao se tornar o primeiro negro a levar o Oscar de “Melhor Ator”, em 1964, pelo filme Uma Voz nas Sombras — ele recebeu uma segunda estatueta da Academia em 2001, mas pelo conjunto da obra, por sua contribuição às artes cênicas.

Entre outros, Sidney Poitier também atuou em Acorrentados (1958), Ao Mestre Com Carinho (1967), Adivinhe Quem Vem Para Jantar (1967), No Calor da Noite (1967) e O Chacal (1997). Uma Voz Nas Sombras, longa-metragem que o premiou com o Oscar, está disponível no streaming do Amazon Prime Video.

O ator se tornou uma referência para diversos artistas negros. Em 2001, quando recebeu seu primeiro Oscar, o segundo entregue a um negro na categoria principal, Denzel Washington exaltou o trabalho do veterano.

“Sempre estarei atrás de você, Sidney. Sempre estarei seguindo seus passos. Não há nada que eu prefira fazer”, declarou.

Sidney Poitier deixa seis filhos, oito netos e três bisnetos.