Round 6: Criador revela final alternativo para a série da Netflix

Tiago Minervino  - 15 de novembro 2021 ás 13h00

Série sensação mundial, Round 6 se tornou a trama mais assistida da Netflix ao confinar centenas de pessoas pobres e desesperadas em um jogo mortal, cujo prêmio final vale mais de R$ 200 milhões. Mas em entrevista à EW, o criador Hwang Dong-hyuk contou que tinha em mente um final alternativo para a série.

[Atenção: Esta matéria contém spoilers!]

O grande vencedor da competição é Seong Gi-hun (Lee Jung-jae), que aceita participar do jogo após se ver em uma situação desesperadora com a filha prestes a ser levada para os Estados Unidos, endividado com agiotas, além do fato de sua mãe precisar ser submetida a um procedimento cirúrgico.

Ao sair do confinamento, ele encontra um mundo diferente e precisa lidar com algumas partidas, fato que o deixa deprimido e o impede de usar o dinheiro conquistado. Tempos depois, quando opta por usar sua fortuna e viajar aos Estados Unidos para visitar a filha, ele encontra um recrutador do jogo, desiste da viagem e passa a perseguir o agenciador dos idealizadores da competição mortal.

Mas na versão alternativa, Gi-hun, após se tornar milionário, iria ao encontro da família no país norte-americano. No entanto, o showrunner disse que ele e a equipe se questionavam “se seria mesmo certo” dar esse desfecho à primeira temporada da trama.

“Chegamos à conclusão de que a mensagem que pretendíamos passar em Round 6 não poderia ser feita se Seong Gi-hun partisse no avião”, iniciou. “Nossa intenção era responder a seguinte pergunta: ‘por que o mundo chegou ao que é agora?’.  Logo, esse questionamento só poderia ser respondido se ele voltasse e caminhasse em direção à câmera. Então, foi assim que terminamos”, completou, de forma reflexiva.

Round 6 se caracterizou por sua narrativa extremamente violenta que, segundo Dong-hyuk, é uma metáfora para o estado em que a humanidade se encontra na atualidade.

Recentemente, o diretor confirmou a produção de uma segunda temporada para a história. A primeira parte está disponível na Netflix.