Parecidos, mas nem tanto: qual é a diferença entre nerd e geek?

Tiago Minervino  - 11 de maio 2021 ás 17h10

Os termos “nerd” e “geek” têm sido bastante recorrentes nas redes sociais nos últimos anos e parte dessa popularidade deve-se ao consumo cada vez maior de cultura pop entre os públicos adolescente e jovens adultos, sobretudo aqueles relacionados ao universo dos super-heróis de produtoras como Marvel e DC Comics, além, claro, de animes, mangás e jogos.

No entanto, persiste no imaginário popular a certeza de que não há diferenças significativas entre geeks e nerds, mas, na verdade, os termos não podem ser considerados como sinônimos.

Fonte: Reprodução

O que diz a etimologia das palavras

No campo da etimologia, a palavra “geek” tem origem no século 19, foi identificada pela primeira vez na Alemanha e significava como “bobo”. Já nerd é um termo mais recente, datado de 1960, e com origem nos Estados Unidos, com significado literal de “louco”.

Porém, de acordo com os dicionários de língua inglesa, nerd e geek significam a mesma coisa: pessoas tímidas e inteligentes que se interessam por computadores e pesquisam sobre assuntos de que gostam.

Deixando de lado a definição dos dicionários, é consenso que o termo nerd, geralmente, é aplicado às pessoas consideradas estudiosas, mais intelectuais e que nutrem um interesse por adquirir conhecimento e de se aprofundarem sobre um determinado tema ou área específica. Já os geeks têm como interesse comum o gosto por cultura pop, tecnologia e aparelhos modernos.

Fonte: Reprodução

Cientista coleta dados virtuais e traça diferenças

A fim de esmiuçar as diferenças entre geeks e nerds, o cientista de dados e engenheiro de software Burr Settles analisou 2,6 milhões de postagens no Twitter com termos correlatos ao perfil desses grupos, para compreender como os internautas se referem a essas pessoas.

Dessa forma, ele verificou que palavras como “quadrinhos”, “Instagram”, “coleções” e “cosplay” são mais utilizadas para se referir aos denominados geeks. Por outro lado, os termos “seminário”, “neurociência”, “física” e “biologia” ficam para as pessoas nerds.

Já o site Masters In IT foi além e resolveu traçar os perfis de nerds e geeks no mercado de trabalho: em qual nicho cada um tem maior aptidão para atuar? Foi a essa pergunta que o noticioso procurou responder.

Segundo o resultado, geeks normalmente atuam com web design, tecnologia da informação, marketing, design gráfico, design de jogos, bartender ou baristas. Os nerds, por sua vez, tendem a seguir áreas mais ligadas ao campo científico, à programação, engenharia, tecnologia da informação e atendente de lojas de vídeo.

Para ilustrar essa diferença, de acordo com o exposto por Settles, observe dois personagens da animação da Fox, Os Simpsons: Jeff Albertson, também chamado de “Cara dos Quadrinhos”, seria o geek, enquanto que o Professor Frink seria o nerd.

Fonte: Reprodução

Outros personagens considerados nerds:

  • Não tem como falar sobre personagens famosos por serem considerados nerds e não citar Sheldon Cooper, o protagonista do seriado norte-americano The Big Bang Theory (2007-2019).
  • Velma Dinkley, do desenho animado Scooby-Doo, se destaca pela inteligência acima da média.
  • Seth Cohen, da série The O.C.
  • Hermione, da franquia Harry Potter.
  • Lisa Simpson, a esperta garota de Os Simpsons, é uma entusiasta das ciências e da busca por conhecimento.
  • Spock, da série Star Trek.
Fonte: Reprodução

Outros personagens considerados geeks:

  • Tony Stark, o Homem de Ferro, é um verdadeiro aficionado por tecnologia.
  • Stan Lee, nome por trás de algumas das maiores criações dos quadrinhos de todos os tempos, o roteirista é responsável por criar, entre outros, Pantera Negra, Homem-Aranha e Homem de Ferro.
  • Will Byers, personagem da série Stranger Things, é fã do RPG Dungeons & Dragons, mas também faz parte do clube de ciência da escola.
  • Franjinha, personagem brasileiro dos quadrinhos Turma da Mônica, é um geek de carteirinha, apaixonado pelo mundo das ciências.
  • Princesa Leia Organa, de Star Wars, foi um símbolo geek para muitas mulheres por ser um símbolo de força, inteligência e feminismo.
Fonte: Reprodução

Seja como for, o amor por cultura pop e pelo conhecimento pode ser compartilhado tanto por nerds quanto por geeks. O importante é curtir!

Tags