Oscar 2021: tudo sobre a categoria de Melhor Canção Original

Ana Maria Guidi  - 04 de maio 2021 ás 09h22

É inegável que a música que acompanha a composição de um filme é uma das bases do seu sucesso, certo?

As emoções das cenas, acompanhadas de melodias marcantes, criam o clima responsável por deixar a experiência do espectador ainda melhor. Imagine, por exemplo, o filme Nasce uma Estrela (2018): sem a música “Shallow”, carregaria as mesmas emoções?

É nesse sentido que, em 1934, em sua sétima edição, o Oscar criou o prêmio de Melhor Canção Original, uma categoria que já premiou grandes lendas da música, como Elton John, Steve Wonder, Bob Dylan, Lionel Richie e Adele, entre muitos outros.

Fonte: Reprodução

Como a Academia nomeia e premia as canções?

Diferente do que muitos pensam, em Melhor Canção Original quem recebe o prêmio é o compositor – da letra e música – e não o intérprete (a não ser que ele tenha contribuído no processo de composição).

Ou seja, mesmo que a famosa “My Heart Will Go On”, interpretada por Céline Dion, tenha levado a estatueta, os donos do troféu são, na verdade, James Horner e Will Jennings.

As regras ainda determinam que, como o próprio nome diz, as canções devem ser originais, escritas especificamente para o filme. Assim, músicas como “I Will Always Love You”, cantada por Whitney Houston no filme O Guarda-Costas (1992) já ficaram de fora da concorrência da categoria por ser considerada um cover.

Com isso, a estatueta de Melhor Canção Original costuma premiar músicas que são temas de filmes ou de algum personagem presente neles, como é o caso de “Let It Go”, da Elsa de Frozen (2013), que se tornou um fenômeno em 2014.

Segundo as regras do Oscar, a música pode, também, estar presente no início dos créditos finais, mas a letra e a melodia devem se apresentar de forma clara, audível e inteligível.

Fonte: Reprodução

Como a votação determina quem é indicado e quem vence o prêmio?

Para que uma música entre na lista de canções elegíveis, ela primeiro deve passar por um processo de submissão de documentos na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood – instituição responsável pelo prêmio.

Logo após a análise dos documentos, as obras aprovadas passam por um processo de votação dividido em duas partes: primeiro, a canção é escutada por todos os membros da Academia considerados “do ramo da música”.

Esses membros produzem uma lista de cinco indicações para Canção Original. Em seguida, inicia-se um segundo turno de votação em que, dentre uma lista reduzida, os votantes devem escolher, novamente, cinco indicações para o prêmio.

As cinco obras que receberem o maior número de votos entram na votação final do prêmio, quando só participam os membros considerados ativos e vitalícios.

Fonte: Reprodução

Oscar 2021: quem concorreu ao prêmio?

Diferente de outros anos em que, na lista de indicados de Melhor Canção Original, conseguíamos selecionar um favorito, neste ano a concorrência foi alta.

Na 93ª cerimônia do Oscar, nomes antes considerados certos e favoritos, como Christina Aguillera, Taylor Swift e John Legend, ficaram de fora. Com vitória da canção “Fight For You”, de Judas e o Messias Negro, as cinco favoritas de 2021 foram:

Fonte: Reprodução

1. “Fight For You”, de Judas e o Messias Negro

Com uma letra politizada e composta pela premiada cantora H.E.R. em conjunto com Dernst Emile II e Tiara Thomas, a canção “Fight For You”, do filme Judas e o Messias Negro, foi indicada ao Globo de Ouro e ao Critics Choice Movie Awards.

Apesar de não ter saído vencedora de nenhuma das duas premiações, foi ela que levou o prêmio. Os três músicos foram vencedores da categoria “Música do Ano” do Grammy Awards pelo single “I Can’t Breathe”.

Ouça aqui:

2. “Speak Now”, de Uma Noite em Miami…

Consagrando-se como a favorita entre as indicadas, eis “Speak Now”, de Uma Noite em Miami… Composta por Sam Ashworth e Leslie Odom Jr, a música já venceu o Critics Choice Movie Awards, o Iowa Film Critics Association Awards, o Chicago Independent Film Critics Circle Awards e o Houston Film Critics Society Awards.

Concorreu, também, ao Globo de Ouro, perdendo para “Io Si (Seen)”, de “Rosa e Momo”, uma das grandes rivais da categoria.

Ouça aqui:

3. “Io Sí (Seen)”, de Rosa e Momo

Vencedora do Globo de Ouro e do Satellite Award, a música “Io Sí (Seen)”, do filme Rosa e Momo, tem como compositora duas queridinhas da indústria musical: Diane Warren (nomeada 11 vezes ao Oscar e nunca vencedora) e Laura Pausini (nova na premiação, mas vencedora de um Grammy) com a participação de Niccolá Agliardi.

Ouça aqui:

4. “Husavik”, de Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars

Diferente dos outros indicados, “Husavik” possui sua origem em um filme de comédia: Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars. Composta por Fat Max Gsus, Savan Kotecha e Rickard Göransson, a música foi uma surpresa na categoria, já que não chegou nas indicações do Globo de Ouro.

Ouça aqui:

5. “Hear My Voice”, de Os 7 de Chicago

Por último, mas não menos importante, a música “Hear My Voice”, de Os 7 de Chicago é, também, uma das indicadas. Composta por Celeste, em parceria com o produtor Daniel Pemberton, um dos compositores mais procurados do cinema (e que já fez filmes como Homem-Aranha no Aranhaverso [2018] e Steve Jobs [2015]) a música concorreu ao Globo de Ouro, tornando-se uma das apostas da edição.

Ouça aqui:

E quem já foi indicado e foi vencedor da categoria?

Agora que você conheceu as cinco canções favoritas do Oscar 2021, que tal relembrar músicas indicadas nos últimos anos?

Há muitos grandes nomes, além dos já citados, que também concorreram na categoria, e que merecem ser escutadas novamente. Assim, vamos relembrar os últimos cinco premiados pelo Oscar de Melhor Canção Original.

2020: “(I’m Gonna) Love Me Again”, de Rocketman (2019). Vencedores: Elton John e Bernie Taupin.

2019: “Shallow”, de Nasce Uma Estrela (2018). Vencedores: Lady Gaga, Mark Ronson, Anthony Rossomando e Andrew Wyatt.

2018: “Remember Me”, de Viva – A Vida é uma Festa (2017). Vencedores: Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez.

2017: “City of Stars”, de La La Land – Cantando Estações (2016). Vencedores: Justin Hurwitz, Benj Pasek e Justin Paul.

2016: “Writing’s on the Wall”, de 007 Contra Spectre (2015). Vencedores: Jimmy Napes e Sam Smith.