Os momentos mais nerds das Olimpíadas de Tóquio

Livia Jurkowitsch  - 11 de agosto 2021 ás 12h00

Infelizmente as Olimpíadas de Tóquio chegaram ao fim. Apesar da pandemia, esses jogos foram bem emocionantes, resultando em cenas inesquecíveis. Mas os geeks de plantão também tiveram seu espaço. Além da abertura, que contou com diversas músicas dos videogames, os atletas não tiveram vergonha de mostrar seu lado nerd. Vamos então recapitular todos os momentos geeks que tivemos no evento.

Kamehameha!

Após obter a medalha de prata no Skate, o brasileiro Pedro Barros decidiu comemorar da melhor maneira possível: ele subiu no pódio e soltou um Kamehameha, o icônico golpe de Goku, em Dragon Ball! Claro que nós estávamos ajudando com a Genki Dama de energias positivas durante a apresentação dele!

Reprodução/TV Globo

Rei dos Mares

Outro brasileiro que demonstrou seu lado nerd foi Isaquias Queiroz, que, ao conquistar a medalha de ouro na modalidade de canoagem, imitou o rei dos mares, Aquaman, girando seu remo igual Arthur Curry com seu tridente. E o atleta também subiu no pódio usando um Kamehameha! Vitória mais que merecida.

We Are!

O grego Miltos Tenglou, que foi medalhista de ouro no salto em distância, comemorou fazendo a mesma pose de Luffy, protagonista de One Piece, para se energizar, e deu muito certo!

Modo Avatar

Tivemos também o holandês Kiran Badloe, que decidiu ir à caráter para os jogos olímpicos e mandou muito bem no cabeleireiro, reproduzindo o visual de Aang (Avatar: A Lenda de Aang) e sua seta na cabeça. O atleta entrou no modo avatar e garantiu a medalha de ouro na modalidade Vela, na categoria RS:X.

Espiritos da Lua e Oceano

Outra equipe a homenagear o desenho Avatar foi a dupla mexicana de natação artística, Nuria Diosdado e Joana Jimenez, que usaram maiôs inspirados nos espíritos Tui e La, os peixes do Oceano e da Lua, de Avatar.

Volêi amigo da vizinhança

O time feminino de vôlei de praia também confessou que é fã de videogames. Aliás, a jogadora Kelly Claes comentou, durante uma entrevista, que joga Marvel’s Spider-Man o dia inteiro.

Uma medalha pro seu bruxo

A atiradora russa Vitalina Batsarashkina levou a medalha de ouro na modalidade de Tiro com pistola de ar de 10 metros usando um colar da Escola do Lobo, de The Witcher.

Amuleto da sorte

A treinadora da ginasta olímpica Nina Derwael, que ficou com a medalha de ouro nas barras assimétricas, mostrou que seu amuleto da sorte era bem especial — e gamer! A técnica levou consigo um amiibo do Link, de The Legend of Zelda, que acabou por trazer boa sorte para sua aluna nas Olimpíadas de Tóquio.

Pelo poder da Lua!

O time de ginástica rítmica do Uzbequistão emocionou a todos com uma apresentação toda inspirada no anime Sailor Moon. As meninas vestiam trajes inspirados na personagem principal, e ainda usaram o tema do desenho como música para a coreografia.

Forças Especiais Ginyu

O time italiano de ciclismo celebrou a medalha de ouro com a icônica pose feita pelas Forças Especiais Ginyu, em Dragon Ball.

Encerramento

Para terminar (literalmente), a apresentação de encerramento contou com a música “Gurenge”, da Cantora LiSA — o tema de abertura do anime de Demon Slayer.