House of the Dragon: Spin-off não pode recriar Game of Thrones, diz Peter Dinklage

Tiago Minervino  - 12 de janeiro 2022 ás 11h31

O ator Peter Dinklage, responsável por interpretar Tyrion Lannister em Game of Thrones, repercutiu a produção de House of the Dragon, série derivada a partir da obra original da HBO, e afirmou que o spin-off precisa ter autenticidade, ou seja, não pode “recriar” sua antecessora.

Em entrevista ao The Independent, Dinklage disse estar animado para assistir o derivado e que é “excitante” a ideia de ser um telespectador da trama, não mais um membro ativo do universo criado por George R.R. Martin. Porém, ele refletiu que os criadores precisam ter cuidado para trazer originalidade à nova história e não apenas fazer algo “fraco” visando o lucro.

“Acho que o importante é eles não tentarem recriar GoT. Se você tentar recriá-la, vai ficar parecendo que fez isso pensando apenas no dinheiro. O problema de muitas continuações é que elas são feitas apenas devido ao fato de o original fazer muito dinheiro, e por isso são histórias mais fracas”, declarou.

Recentemente, o autor George R.R. Martin disse que já assistiu ao primeiro episódio de House of the Dragon, e se mostrou animado para o spin-off, classificado por ele como “poderoso e sombrio”.

Ambientada 200 anos antes dos eventos narrados em Game of Thrones, House of the Dragon tem Ryan Condal e Miguel Sapochnik como showrunners. Com estreia prevista para 2022, mas sem uma data confirmada, a primeira temporada terá 10 episódios

Recentemente, Peter Dinklage também falou sobre as críticas dos fãs pelo final de Game of Thrones e, em um recado simples e direto, o ator aconselhou essas pessoas a “seguirem em frente”.