Doutor Estranho 2 terá influência de filmes de horror, diz roteirista

Tiago Minervino  - 21 de junho 2021 ás 17h14

Doctor Strange in the Multiverse of Madness (Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, em tradução livre), segundo filme solo do personagem Stephen Strange, deve explorar de maneira mais profunda o multiverso do Universo Cinematográfico Marvel. No entanto, o longa também será um pouco mais “assustador” que seu antecessor, lançado em 2016.

A revelação foi feita pelo roteirista do filme Michael Waldron em entrevista para o podcast Friends From Work.

Waldron disse que, embora o primeiro longa baseado na história do Mago Supremo não tenha sido de terror, o novo filme deve ter influência do gênero, já que será dirigido por Sam Raimi (A Morte do Demônio).

Segundo contou, a pandemia de Covid-19 deu a ele e a Raimi “mais tempo para fazermos nossas coisas”. “É legal, estou feliz que houve a chance de talvez empurrar [o filme] em uma direção um pouco mais assustadora. Simplesmente porque Sam faz isso muito bem”, declarou.

Sam Raimi assumiu a direção após divergências criativas entre Scott Derrickson, responsável pelo primeiro filme do Doutor Estranho, e a Marvel.

Além de perscrutar os multiversos do Universo Cinematográfico Marvel, Doctor Strange in the Multiverse of Madness também terá uma participação de destaque da Feiticeira Escarlate, interpretada pela atriz Elizabeth Olsen, conforme foi revelado por Kevin Feige, presidente da Marvel Studios.

Doctor Strange in the Multiverse of Madness tem previsão de estreia nos cinemas em 25 de março de 2022.