Diretora da série fala sobre orientação sexual de Loki

Tiago Minervino  - 23 de junho 2021 ás 17h00

O terceiro episódio de Loki chegou à plataforma do Disney+, nesta quarta-feira (23), e trouxe novas revelações sobre o Deus da Trapaça, cuja bissexualidade foi abordada na trama.

[ATENÇÃO: SPOILERS!]

Durante um diálogo entre o irmão de Thor e Sylvie, ela diz que, pelo fato de Loki ser um príncipe, ele deve ter uma “princesa” ou um “príncipe” como pretendente, e ele responde que tem “um pouco dos dois”.

Por meio de seu perfil no Twitter, a diretora da série, Kate Herron, afirmou que desde seu ingresso na equipe de produção de Loki ela tinha o objetivo de abordar a bissexualidade do personagem por considerar esse aspecto uma parte importante de sua personalidade.

“É uma parte de quem ele é, e uma parte de quem eu sou também. Eu sei que este é um passo pequeno, mas estou feliz de dizer que isso agora faz parte do cânone do MCU”, disse a diretora.

Vale ressaltar que, além de abordar a bissexualidade do anti-herói, a Marvel também confirmou que Loki possui gênero fluido.

Terceira grande produção com personagens das HQs da Marvel a estrear no Disney+ em 2021, Loki tem sido um verdadeiro fenômeno de audiência, capaz, inclusive, de alterar o dia de lançamentos dos próximos títulos da plataforma para as quartas-feiras. Com a história da trama sendo contada a partir da fuga do Deus da Trapaça em Vingadores: Ultimato (2019), os novos episódios de Loki são adicionados semanalmente no streaming.