Crítica | All of Us Are Dead

Livia Jurkowitsch  - 14 de fevereiro 2022 ás 10h00

Parece realmente que a Coréia do Sul vai dominar a Netflix. Cada vez mais podemos encontrar obras do país asiático disponíveis na plataforma, e eles vem cada dia mais surpreendendo com a sua originalidade e aceitação de diversos público. Depois do sucesso de Round 6, agora é a vez de All of Us Are Dead. E se você está pensando que essa é só mais uma história de zumbis, vai se surpreender.

A série foi baseada na webtoon chamada Now At Our School, que foi um grande sucesso na Coréia do Sul. Na adaptação para a televisão, acompanhamos um grupo de alunos do ensino médio que, como se não bastasse todos os problemas que a vida escolar traz, ainda precisam lutar contra zumbis, quando um vírus produzido pelo professor de química começa a se espalhar pela cidade de Hyosang. Como qualquer material do gênero, a contaminação é rápida e acaba obrigando os alunos a ficarem dentro da escola. Porém eles não perdem as esperanças de serem salvos e farão de tudo para serem resgatados ou fugirem por conta própria. Do lado de fora, o governo, juntamente com os militares, procura um meio de conter o avanço do vírus e trabalham na busca da cura para, assim, salvar o máximo de pessoas possível.

Reprodução/Netflix

Pode parecer uma típica trama de um filme de contágio, porém um dos melhores pontos da série é a originalidade de trazer os problemas cotidianos de estudantes para um apocalipse zumbi. Com uma realidade muito pé no chão, a série traz um drama não exagerado, que consegue mexer com as emoções do espectador e fazê-lo se importar ou odiar todos os personagens. Ao longo da história, me senti como parte do grupo e fiquei realmente envolvida com os problemas dos meninos, detestando ou adorando os personagens. Sabe quando você conversa com a televisão? Foi assim que fiquei.

O diretor Lee Jae Gyoo, escolheu não colocar nenhum nome famoso na série, dando oportunidade para novos talentos, e o elenco se saiu muito bem. O único rosto conhecido é o de Lee Yoo-mi, que deu vida a Número 240 em Round 6. As atuações são naturais e, a cada perrengue novo, a tensão só acaba subindo, sendo às vezes impossível assistir a apenas um episódio.

E se você se apegar a algum personagem de Allo f Us Are Dead, cuidado, porque, como o título já diz, todos estão correndo perigo real e podem não sair vivos. A série encarnou o espírito de Game of Thrones e decidiu que ninguém estaria totalmente salvo. Em alguns momentos me senti até traída pela história, já que tinha um grande apego por alguns personagens.

Um dos pontos positivos da série é o fato de ela expor e lidar também com um tema muito recorrente no mundo: o bullying. A escola, hoje, talvez seja o lugar onde mais encontramos esse tipo de agressão, que não precisa ser somente física, mas também psicológica.

Vemos diversos alvos típicos de bullying sendo apresentados, como o garoto mais pobre, a menina mais quietinha ou a fofoqueira sem amigos: todos acabam sofrendo com algum tipo de preconceito. Durante o desenvolvimento da série, podemos ver como os alunos vão quebrando ou não estes preconceitos, e como isso influencia no seu amadurecimento de todos.

Não à toa, o vírus de All Of Us Are Dead foi criado para proteger o filho do professor que sofria bullying na escola. Sem saber mais o que fazer, já que a escola não se preocupava com essas questões, o professor Lee Byeong Chan (Byeoung-cheol Kim) faz um vírus capaz de transformar o medo em uma arma, o que acaba não dando certo.

Reprodução/Netflix

É muito divertido e tenso ao mesmo tempo torcer pela vitória de cada núcleo de personagens e acompanhar cada decisão de vida ou morte que eles tomam ao longo do tempo. A série conta a história sem se apressar. Tudo é feito com calma e de forma muito bem elaborada. Mesmo as dúvidas que parecem causadas por falha de roteiro são sanadas conforme a história avança. O resultado são 12 capítulos muito bem dirigidos, que abrem, desenvolvem e fecham os arcos dos personagens.

Por enquanto, ainda não se sabe se a produção terá uma segunda temporada, mas já estamos aguardando ansiosos por mais notícias.


All of Us Are Dead está disponível na Netflix.