Brasil é o segundo maior consumidor de streaming no mundo; veja ranking

Tiago Minervino  - 27 de agosto 2021 ás 20h00

Um mercado em expansão desde a década passada, as plataformas de streaming encontraram um lugar sólido no Brasil, e já se tornaram uma das opções preferidas pelos brasileiros para o consumo de filmes, séries, documentários, animações e até mesmo reality show.

A prova da preferência dos brasileiros por essas mídias pode ser constatada no relatório “Streaming Global”, do Finder, consultoria australiana, responsável por mensuras os 18 principais mercados de streaming no mundo, que apontou o Brasil como o segundo do planeta, com mais consumidos desse tipo de produto, atrás apenas Nova Zelândia.

Segundo o relatório, 64,58% dos adultos do Brasil são assinantes de pelo menos um serviço de streaming. A Nova Zelândia soma 65,26%. A média global é de 56%.

Principal plataforma de streaming do mundo, a Netflix é a preferida dos brasileiros, com 52,69% dos assinantes. Em segundo aparece o serviço do Amazon Prime Video, com 16,87%; Disney+ em terceiro, com 12,09%; e o único 100% nacional, o GloboPlay, aparece na quarta posição, com 9,96%.

Vale ressaltar que streamings novos, a exemplo do HBO Max, não aparecem no relatório.

Veja o top 10 dos países que mais consomem serviços de streaming no mundo:

  • 1 – Nova Zelândia (65,26%)
  • 2 – Brasil (64,58%)
  • 3 – Irlanda (63,24%)
  • 4 – Filipinas (61,72%)
  • 5 – Canadá (61,24%)
  • 6 – Estados Unidos (58,90%)
  • 7 – Espanha (57,67%)
  • 8 – Índia (56,94%)
  • 9 – Dinamarca (56,33%)
  • 10 – África do Sul (56,16%)