Apresentação de Digimon Tamers tem vilão chamado “Políticamente Correto”

Fernando Giovanetti  - 05 de agosto 2021 ás 10h00

Durante a DigiFes 2021, uma apresentação comemorativa dos 20 anos de Digimon Tamers (a terceira série da franquia) causou polêmica ao batizar o vilão a serem combatidos pelos protagonistas como “Politicamente Correto” e “Cultura do Cancelamento” (via Anime News Network).

Na “crítica”, o vilão é o “maior problema da internet” e ainda é colocado que ele força as pessoas a “formarem um único sistema de valor”, além de “trocar notícias reais por mentiras”. Seu principal ataque é o “Cultura do Cancelamento”. O roteirista foi Chiaki J. Jonaka, que trabalhou na série original.

O mesmo Jonaka, recentemente, veio a público para elogiar o YouTuber James Corbett, que expressa livremente suas opiniões controversas, como acusar Bill Gates de manipular o coronavírus e o descrédito a acadêmicos, médicos, biologia e engenharia social.

Com a polêmica causada, Jonaka disse que vai se manifestar em breve sobre o ocorrido.