6 filmes chineses para se preparar para Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis

Livia Jurkowitsch  - 17 de agosto 2021 ás 14h03

O cinema asiático é bem diferente do que estamos acostumados a ver pelas telas aqui do ocidente. Os filmes chineses têm suas peculiaridades e, para quem não está acostumado, podem até parecerem um pouco ridículos. Porém, é preciso ir se acostumando com essa ideia, pois o novo filme da Marvel, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, tem um herói chinês, além de se inspirar nos clássicos longas de artes marciais.

Pensando nisso, separamos algumas obras para você se prepare e entre no clima do cinema chinês antes da estreia do herói da Marvel nas telonas. Confira:

Adeus, Minha Concubina (1993)

Para quem quer aprender um pouco sobre a cultura chinesa, esse filme é uma ótima pedida. A história acompanha dois amigos que se conheceram desde crianças e trabalhavam para a Ópera de Pequim, e ficam conhecidos por interpretar a peça “Adeus, Minha Concubina”, uma das histórias mais antigas da China. A amizade dos dois é abalada quando um dos amigos se apaixona e coloca tudo a perder. A obra é, artisticamente falando, muito bonita e sensível, além de retratar bem os bastidores de um dos teatros mais importantes de todo território chinês.

O Tigre e o Dragão (2000)

Quando se pensa em cinema chinês, esse possivelmente é o primeiro título que vem na cabeça de todo mundo. E não é para menos: o filme é repleto de cenas de lutas incríveis — e impossíveis. Mas quem liga? O legal é ver o kung fu em ação. A trama acompanha duas mulheres e, enquanto uma tenta se livrar do julgamento da sociedade da Dinastia Ching, a outra segue em busca de justiça e honra. Quando seus caminhos se cruzam, elas são obrigadas a fazerem escolhas que vão mudar para sempre suas vidas. O filme conta com a presença de grandes estrelas no cinema asiático, como Chow Yun-Fat (Piratas do Caribe) Michelle Yeoh (Memórias de Uma Gueixa) e Zhang Ziyi (Clã das Adagas Voadoras).

Herói (2002)

Outro filme de luta incrível, que vai te deixar querendo se inscrever na primeira escola de kung fu que achar. A história se passa antes do surgimento do primeiro imperador, quando a China ainda era dividida em sete reinos. Qin (Daoming Chen), o regente da região norte, está sofrendo diversos ataques de assassinos contratados pelos seus inimigos políticos. Um dia, um dos seus magistrados entra no palácio com as armas dos maiores assassinos e diz que deseja contar sua história ao soberano, sobre como derrotou um a um e como ficou mais de uma década estudando suas técnicas de espada. A obra ainda conta com a presença de Jet Li e Donnie Yen, duas grandes estrelas do cinema de artes marciais. Com um ar de lenda, o filme é uma verdadeira aventura cheia de mistérios e reviravoltas incríveis.

O Clã Das Adagas Voadoras (2004)

Outro clássico do cinema chinês, se passa no ano de 859, na dinastia Tang. Com um governo corrupto, diversos grupos rebeldes surgem, sendo o mais poderoso deles o Clã Das Adagas Voadoras. Dois soldados do exército oficial recebem a missão de se infiltrar na organização, para capturar o líder. Um meticuloso plano é montado para Jin (Takeshi Kaneshiro) e Leo (Andy Lau) ganharem a confiança de uma dançarina cega e rebelde, Mei (Zhang Ziyi), mas os sentimentos que essa tarefa geraria não foram levados em consideração e agora toda a operação pode ser comprometida.

A Maldição da Flor Dourada (2006)

Um filme para quem gosta de intrigas políticas e que quer conhecer um pouco mais como funcionava o palácio do imperador no século X, durante a dinastia Tang. Com o retorno do imperador Ping (Chow Yun Fat) e do segundo príncipe Jai (Jay Chou), a fim de celebrar seus atos na guerra, e o feriado de Ano Novo Chinês, toda família real é reunida na cidade proibida. Porém devido ao relacionamento frio e desgastado entre o imperador e a imperatriz Phoenix (Gong Li) tudo vai de mal a pior. Um plano do imperador para matar sua esposa é descoberto, amores proibidos também são revelados, e até uma tentativa de golpe de estado acontece. Esta obra é um espetáculo de figurinos e cenários, tudo muito colorido e grandioso, como a própria China.

Shaolin (2011)

Um filme bem emocionante sobre um período de guerra bem turbulento na China, então prepare o lencinho. Devido a conflitos internos de chefes militares, o país passa por guerras sem fim. Um desses generais é Hao Jie (Andy Lau), conhecido pela sua arrogância e desrespeito com as tradições de artes marciais. Mas tudo muda quando sua família é exterminada e ele é obrigado a se refugiar em um templo Shaolin, onde aprende a conviver com essa arte tão surpreendente. A obra traz uma bela mensagem sobre tradições e é cheio de lutas emocionantes, além de ter no elenco o incrível Jackie Chan.