25 anos de Pokémon: confira fatos e curiosidades

Jefferson Sato  - 30 de abril 2021 ás 18h16

Neste ano, celebramos os 25 anos da franquia Pocket Monsters, ou Pokémon, como a maioria conhece, marcando uma jornada que acumula sucessos em diversos formatos: games, animes, filmes, mangás, cartas colecionáveis, brinquedos, lojas especializadas e até um parque temático, que está em desenvolvimento. Uma fama que ninguém imaginava quando tudo começou no Japão, em fevereiro de 1996, com os jogos Pokémon Red e Pokémon Green, para Game Boy.

Para celebrar esta ocasião especial, separamos uma lista cheia de curiosidades sobre os monstros de bolso mais famosos do planeta. Confira:

25 anos de Pokémon: confira fatos e curiosidades
Fonte: Reprodução

1 – A franquia já estrelou em mais de 120 jogos, considerando também todos os spin-offs e aparições em outros games, como Super Smash Bros.

2 – Pokémon é a franquia multimídia mais rentável do mundo, com um valor estimado de US$ 100 bilhões, superando nomes como Hello Kitty, Mickey Mouse, Star Wars e as Princesas Disney.

3 – O conceito dos jogos foi inspirado no hobby de colecionar insetos, uma atividade comum entre crianças japonesas, que também era apreciada na infância de Satoshi Tajiri, o criador de Pokémon.

25 anos de Pokémon: confira fatos e curiosidades
Fonte: Reprodução

4 – O nome original seria Capsule Monsters, inspirado nas máquinas de gashapon, comuns no Japão. O título depois foi alterado para CapuMon e, finalmente, para o definitivo Pocket Monsters que temos hoje.

5 – Rhydon foi o primeiro Pokémon criado, de acordo com o artista Ken Sugimori. Tanto que, no código dos primeiros jogos, seu número de registro é 001.

25 anos de Pokémon: confira fatos e curiosidades
Fonte: Reprodução

6 – Pokémon Gold e Pokémon Silver seriam os últimos jogos da série, segundo Tsunekazu Ishihara, presidente da Pokémon Company. O imenso sucesso da franquia, no entanto, garantiu um futuro diferente.

7 – As regiões de cada jogo são baseadas em locais reais. Kanto até tem o mesmo nome de sua contraparte verdadeira. Johto é inspirado em Kansai, Hoenn é Kyushu, Sinnoh é Hokkaido, Unova é Nova York, Kalos é a França, Alola é o Havaí e Galar é o Reino Unido.

8 – O anime de Pokémon já ultrapassou a marca dos 1100 episódios! O programa estreou em abril de 1997, no Japão, o que significa que ele está no ar há 24 anos.

9 – Só há um episódio do anime em que Ash e Pikachu não aparecem: o 32º episódio de Pokémon Journeys, focado no personagem Goh, que foi ao ar em agosto de 2020.

Fonte: Reprodução

10 – O Pikachu do anime tem um apreço especial por ketchup, o que provavelmente é uma referência ao sobrenome de seu treinador, Ash Ketchum.

11 – Os nomes de Ash são referências. Em inglês, Ketchum é uma brincadeira com o lema “Gotta Catch’em All” (que virou “Temos Que Pegar”, no Brasil). No Japão, o personagem se chama Satoshi, uma óbvia homenagem ao criador da franquia, Satoshi Tajiri.

12 – Shigeru Okido, o nome japonês de Gary Carvalho, é uma homenagem a Shigeru Miyamoto, criador de diversas franquias da Nintendo, que também ajudou no desenvolvimento dos primeiros jogos de Pokémon.

13 – Jesse e James também são referências. No ocidente, os nomes são inspirados em Jesse James, um notório fora da lei do Velho Oeste dos EUA. No Japão, a dupla é chamada de Musashi e Kojiro, respectivamente, homenagens aos samurais Miyamoto Musashi e Sasaki Kojiro, que morreu lutando contra Musashi.

25 anos de Pokémon: confira fatos e curiosidades
Fonte: Reprodução

14 – Clefairy seria o Pokémon inicial de Ash no anime, para ser mais próximo do mangá oficial da época, mas colocaram o Pikachu de última hora. Sua popularidade superou as expectativas e ele virou a mascote da franquia, no lugar da fadinha.

15 – Ash e Red não são a mesma pessoa. Nem todo mundo sabe disso, mas, embora o personagem do anime tenha sido inspirado no protagonista dos primeiros jogos, os dois são considerados pessoas bem diferentes no universo da franquia.

16 – Lugia foi feito pelo roteirista Takeshi Shudo. Originalmente chamado de Pokémon X, Lugia seria fêmea e exclusivo do segundo filme. Ele não gostou quando as características do lendário foram alteradas sem seu consentimento.

25 anos de Pokémon: confira fatos e curiosidades
Fonte: Reprodução

17 – O mangá Pokémon Adventures é a obra mais fiel ao conceito original da franquia. “É o que mais se parece com o mundo que eu estava tentando fazer”, afirmou o criador, Satoshi Tajiri.

18 – Gustavo Wada é o único brasileiro campeão mundial de Pokémon TCG, até o momento, sendo vencedor do Pokémon World Championship, na categoria Junior, em agosto de 2011. Ele também detém outros títulos, inclusive o de tricampeão brasileiro!

Fonte: Divulgação

19 – Cartas do Kadabra foram proibidas por 20 anos, por conta de um processo do ilusionista Uri Geller. No Japão, o Pokémon é chamado de Yungerer e é conhecido por entortar colheres, assim como Geller. Apenas em 2020 ele desistiu do processo, pedindo desculpa aos fãs da franquia.

20 – Uma descoberta científica foi nomeada em homenagem a um Pokémon, em 2008. Pikachurin é uma proteína que acelera a transmissão de informação da retina para o cérebro. O nome foi inspirado na velocidade e na natureza elétrica do Pikachu.

21 – Três novas espécies de besouros foram nomeadas em homenagem aos pássaros lendários da primeira geração. Binburrum articuno, Binburrum zapdos e Binburrum moltres foram descobertos em 2020.

25 anos de Pokémon: confira fatos e curiosidades
Fonte: Reprodução

22 – Pokémon já esteve em um hardware da Sega! A franquia ganhou três jogos para o Sega Pico, um console educativo que não fez muito sucesso fora do Japão.

23 – O britânico James Turner foi o primeiro ocidental a criar um design de Pokémon. Seus monstrinhos incluem Vanilluxe, Golett, Trevenant, Guzzlord e Naganadel, entre vários outros.

Fonte: Reprodução

24 – Existe uma batalha contra o Professor Oak nos códigos dos jogos originais, que nunca foi utilizada. Seu time seria formado por Tauros, Exeggutor, Arcanine, Gyarados e um dos iniciais que não foi escolhido pelo jogador ou seu rival.

25 – A Pokédex é cheia de fatos sinistros. Sabia que o Parasect está morto? Ou que o Bewear quebra a espinha dorsal das pessoas que abraça? E o Gengar, que tira vidas humanas para tentar conseguir uma companhia? A lista é enorme, mas esta fica para outro dia!